Minha Vida

Soldados da Pista

(gordo)
Muito mais pesado que o king kong, torrando pra caralho tipo cheche chong
Campeão na 5ª seria no ping pong, eu e afro x menorzinho de skate long
Compra 2 dos grandes ambição da cafifa(pipa)
Sem ter ráia(pipa) no alto ficava torando marimba(linha amarrada numa pedra)
Essa era minha vida meu cotidiano
Antes tinha recuperação para passar de ano
Assim eu fui crescendo com ódio no coração
Louco dominado "mental escravidão"
Perdi vários amigos do convivio social
Na atuação da profissão marginal
Se é para tocar no radio e aparecer na tv
Então que a sençura não venha prevalecer
Minha lingua ta afiada como se foce navalha
Rima de rajada sempre com a alma lavada.

(miko)
Sempre tracei meus planos sem muita mirabolância
O que me fez ser quem eu sou eu aprendei na minha infancia
Que elegancia e vaidade não trazem felicidade
Com as minhas amizades aprendi o que é humildade
Levo a vida no blindão, nem vi o tempo passar
Certas coisas no mundão do que o tempo te faz lembrar
Milhares de recordações, que me inspiram a rimar
Nos lugares que as emoções me fazem querer voltar
Nos domingos tarde de sol, e o céu cheio de cafifa(pipa)
Cortei o dedo com cerol, pra dichavar passava fita
De tardinha futebol, no gol, melhor da fifa
De noite bebia skol, desde menor tu acredita
A maldade na cabeça do neguinhos vem desde cedo
Pra viver na babilonia tem que crescer sem medo
E segredo é o tempo que irá te revelar
Para os que se foram eu lamento e que estejam em um bom lugar.

(gordo)
Eu vivo pra dar orgulho a aminha família
Eles sempre apoiaram a minha correria
Sinistro viver de rap aqui no brasil
Minha avó sempre sonhou em me ver no raul gil
Inquanto isso não acontece nossa força prevalece
O passado não se esquece o sofrimento enriquece
Minha meta ta traçada subindo os degraus da escada
Evolução é aparada minha mente ta focada
Já chega d pagar, por tudo que eu fiz
É melhor morrer tentando do que nunca ser feliz
Certas paradas do passado eu não esqueço
Os muleques acreditavam em mim mais do que eu mesmo
Escória da sociedade se tornando referencia
A retrospectiva se tornando experiencia
Novos partideiros seguindo na cadencia
Manter a mente aberta essa é minha ciência.

(miko)
Mesmo com o passar dos anos não perdemos nossa esencia
As rimas qu usamos é com toda transparência
De um passado, que hoje se faz presente
Aos 10 anos de idade tudo era diferente
Penssamentos inocentes na mente de uma criança
Independente da vertente sonha que tu alcança
Não se deixe por levar mantenha seus pés no chão
Tente se lembrar de que nada foi em vão
27 de setembro dia de cosme & damião
Geral correndo atrás de doce no bar do seu joão
Cada recordação me faz viajar no tempo
Me lembro do campinho quando tava sem vento
Bola de gude a verá os neguinhos jogavam aos 100
Quem vinha pesadão no final saia sem
Vou fazer o que se respeito é pra quem tem
Hoje é minha composição que me faz ir mais além.

(mamut)

Os pela saco tão vindo tão vendo eu eu to sorrindo
Minhas rimas faço cuspindo esculpindo o próprio destino
Escrevo minha epópeia em cada verso que eu rimo
Destravo a tava da mente e deixo descarregar
Se acabar minha munição são vários pentes pra trocar
Que esteja em um bom lugar os que ficaram pra tentar
Capota sem brecar ficar sem abandonar
Saber a hora de partir pq o bicho vai pegar
Em sp o mt já botava pra foder
Na rimas improvisadas mostrava que era sg
Perdoa jah por tudo de ruim que fiz
Vivendo o certo a vida errada penssava que era feliz
Nunca tava bom pra mim eu sempre tava querendo mais
Prefiri ouvir "neguinho" do que escutar meus pais
Mais na tapis o lhoguba é riosé
Os naca que me rarpa pra varle meu quebre
Doavi lhafi da tapu cú azul mever
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados