Medieval

Toquinho

De anel de safira
E rubi no chapéu
Cantando uma lira
Em seu alvo corcel
O moço admira
Por trás do seu véu
A dama que inspira
O azul desse anel
E a moça suspira
Por seu menestrel

Em terra medieval
O amor é lei
E ali, quem é jogral
Senta no trono Del Rei

Por ter magnitude
Esse jovem senhor
Na sua inquietude
Faz verso em louvor
E ouvindo o alaúde
Essa dama de andor
De amor não se ilude
E por ter esse amor
Dá sua virtude
Pro seu trovador

Em terra medieval
O amor é lei
E ali, quem é jogral
Senta no trono Del Rei

Por ter magnitude
Esse jovem senhor
Na sua inquietude
Faz verso em louvor
E ouvindo o alaúde
Essa dama de andor
De amor não se ilude
E por ter esse amor
Dá sua virtude
Pro seu trovador
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados