Não Há Luar Como Este do Sertão

GRES Unidos do Cabral (RJ)

Não há no infinito, luar mais bonito
Feito o do nosso sertão
Onde a lua de prata
Beija a madrugada bordando o clarão
Bandeirantes desbravaram e ensinaram...
Plantar, cultivar e colher
Assim miscigenado vi o cabloco florescer
É de assombrar... a Mula solta fogo como o quê
Negrinho do Pastoreio, Lobisomem batuqueiro
Vem brincar com Saci Pererê

Tem quadrilha, fogueira no "arraia"
A cavalhada pro divino festejar
E os três reis seguem a estrela guia
Pra coroar o rei menino na folia

Nossa Senhora Aparecida bendita entre nós
Abençoai o rodeio
Guardai em teu seio os nossos caubóis
Quero um pedacinho deste chão
Deixe a natureza verdejar
Cancioneiro faz da lua inspiração
Pega viola, cantarola uma canção
Eu sou o "Jeca"
Que "Lobato" fez tão popular
Hoje em noite de gala contei "causos" e quero mais samba

Êh! Trem "bão", êh! trem "bão"
Festa arretada esse "tar" de carnaval
A fantasia se torna real
Quanta alegria na nidos do Cabral
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados