O General

Vandaluz

Texto

Em 1978, um sargento do exercito
Tentava ensinar um
Jovem de 18 anos a odiar os
Inimigos comunistas.
Acontece que, o jovem,
Era um comunista.
Se o tal sargento tivesse usado
A sua inteligência para
Indentificar bandidos reais,
Hoje a violência do país caberia
Em nossos presídios e ainda
Sobraria espaço para prender
Corruptos e estelionatários
Disfarçados de cristãos.
Ao invés disso, hoje morrem
Soldados inocentes
Em serviço, tentando recuperar
Armas roubadas do exército,
Agora, trinta anos depois,
A gente tem vontade de gritar:

Atenção pelotão: sentido.
Atenção, povo: descarrar.

O general. O general, Do PCC. Do PCC.
O general mandou fazer o quê?

Atenção Brasil: a segurança
Está sentido!
(Antenção presidente: a cidade está
Sentido!)

O generel. Bom generel! do seu QG estadual,
Bom general, pode fazer o quê?

Antenção ministério: o público está sentindo!
(Atenção população: a dignidade está
Sentido!

O general generalizô, o capitão não
Capitô.
O capitão ficou putão, mas mesmo assim,
Diz sim sinhô!
Sim sinhô, sim sinhô, bater em gente e
Comer cocô!

Soldado mole, trabalho duro, pega a
Pistola do seu Major,
Limpa direito, fazer mal feito será pior,
Será pior.

O general generalizô, o capitão
Não capitô.
O capitão ficou putão, mas mesmo assim,
Diz sim sinhô!
Sim sinhô, sim sinhô, bater em gente e
Comer cocô!

Soldado mole, trabalha duro, pega a
Pistola do seu major,
Limpa direito, fazer mal feito será pior,
Será pior.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados