Ouvir Música

Minha Filosofia

A286

Eu sou amante do proibido, do perigo da contramão
Mato e morro se for preciso mas, também choro de emoção
Só acredito no que duvido mas, também mudo de opinião
Essa é minha filosofia, muito além da compreensão...

Eu também quase fui mais um que se afogou nas brisas
Viveu tudo em um dia, sem pensar no que viria
Sem lembrar que toda ação tem reação
E que as nave na mansão, não passa de ostentação
Arrasta um montão eita ilusão que cega
Armadilha pra vilão de cada 3, 1 vai nessa
Caralho é tanta história que não cabe numa vida
Faz tanto tempo que não abraço minha família
Saudades faz de mim outro refém
Cansado de esperar pelo o socorro que não vem
De tentar defender meu erro dos erros
De esconder minhas fraquezas e medos
Chega de ser o escravo da opinião
O alvo da traição o sujeito da ingratidão
De só conhecer o final da fila
Viver de mentiras e morrer como vitima
Mas triste é ver que enquanto o mundo desaba sobre mim
Hienas ri, achando que, isso foi pouco pra mim
Mau sabem que, eu já nasci, com a marca do vilão
Programado pra matar e morrer na missão

Eu sou amante do proibido, do perigo da contramão
Mato e morro se for preciso mas, também choro de emoção
Só acredito no que duvido mas, também mudo de opinião
Essa é minha filosofia, muito além da compreensão...

Entre idas e vindas, arrependimentos
Em cada escolha uma perda, mil sofrimentos
Hoje entendo que meu sonho era escravidão
Que igualdade não é justiça, que liberdade é ilusão
Que livre escolha sem opção, não é democracia é condenação
É conspiração, é contradição...
Não sabe o que eu sou, o que eu penso, onde tô
A dor que gerou o monstro e o homem que sou
De amores, valores impopular
Mais raro efeito que o ar, pode apostar
Salvei 1000 favelados e, salvaria outros 1000 se soubessem o que são, onde tão...
Infelizmente as coisas são aquilo que parecem ser
E não o que de fato são e deveriam ser
Um pouco é muito pra quem, não tem, nada
Como esperar vinho da onde nem sai água
Não da pra amar aquele que só fere
Espalho ódio e mentiras como febre
Nunca sofreu injustiça em sua única chance
Nunca viu a morte num semblante
Mas, continua matando até o que eu não sou
E tudo acaba onde começou...

Eu sou amante do proibido, do perigo da contramão
Mato e morro se for preciso mas, também choro de emoção
Só acredito no que duvido mas, também mudo de opinião
Essa é minha filosofia, muito além da compreensão...
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados