Um Talismã Para Iaiá (1977)

Arrastão de Cascadura

Revendo as histórias encantadas
Da colonização do meu Brasil
Encontro a melodia pra contar
O tema é um talismã para Iaiá (lalaiá)
Vivia na mata virgem
Uma negra de tom reluzente
Era órfã e por isso carente
De amigos escondia a sua dor
Por isso, imaginava o seu amor
E o uirapuru
Em seu canto violado
Encontra o amado Zumbi acordado
Então gorjeia assim este recado

Plante a roça gongá
E não vá desperdiçar (Bis)
Protege a fauna gongá
Para Anhangá lhe ajudar

Que maravilha
É madrugada
Quase amanhecendo o dia
Aparece a negra faceira
Pronta para trabalhar
Puseram sobre a folha da bananeira
A massa preparada sem cansar
E o encanto calunga começou a deslumbrar

Ô Iaiá
Como o último a caçar (Bis)
Para com Donga você se casar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados