Zezé Um Canto de Amor e Raça (1989)

Arrastão de Cascadura

Sou um pedacinho desta festa
E lá vou eu nesta folia
Peito aberto pra te decantar
Oh Zezé, tu és razão deste poema
Da nossa escola muito mais que tema
Tu és a própria arte viva no cordão
Quero é mais eternamente ver-te em cena
Nos palcos dos teatros desta vida
Negra pura, flor mulher
Sinto que o vento sopra um canto de amor
Hoje as raças se irmanam
Tudo se transforma neste show

É a dança, é a ginga
Deixa o corpo balançar
Este mar de alegria (Bis)
Faz a onda te levar

Emoldurei-te em pensamento
Bordei a tela no meu coraçao
Poxa, tu estavas tão bonita
Revivendo a Negra Xica, que fascinação
Anda que ainda é tempo
Tempo de mostrar bem mais
É a glória do artista
Mais que artista, um mito que não se desfaz

O talento corre os ares
Çorre chão (Bis)
E Zezé nos braços da multidão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados