Passageiro 74

Consciência X Atual

- Ai truta, quando você sair daqui do fechado o que você vai fazer?
-Então mano, vou te que levanta a bocada e corre atrás dumas fita, e você mano?
-Vou mete o revolver, corre atrás do prejuízo , e você mano??
-Mano , nem , nem sei que que eu vou fazer quando eu sair daqui...

Já tive tudo que sonhei
Dispensei, não quero mais.
Me apeguei, idolatrei, superei
Ficou pra trás
Te digo mais rapaz
Seu futuro é tu quem faz
Vai que vai o que tu quer
Viver na guerra ou na paz?
Tanto faz, tanto fez
Pensar assim já pensei
Veja o caminho que eu trilhei
Olha o preço que eu paguei
Hey, se te magoei mãe
Te decepcionei pai
Sei que é tarde demais
Não da pra voltar atrás

Mass não pra ligar pra ela hein, perai
Ai mano, tá usando diretin
-Não , não não, ja terminei de usa (agradecido)
-Agradecido
-Eh firmeza , firmeza , firmeza

-Alô
-Alô, Alô
Só te liguei pra te dizer que
Não me arrependo do que eu fiz
Mais tenho que reconhecer,
Sem você não sou feliz
Mina ponta firme
É difícil de encontrar
Quem vive do crime
Tem que ter uma no lar
E já que eu tenho você e
Não quero te perder
Escuta o que eu vou te fala
Tô pensando em parar
Larga de mão dessas fita
Que só me deu dor de cabeça
Que me adiantava na segunda
E me atrasava na terça
Quarta, quinta , sexta, sábado e domingo
Profissão perigo
É só perrê no convívio
Parei , to legal
Não por medo, mais por receio
Sei quanto vale o dinheiro e
O meu filho não tem preço
Se te mereço , eu agradeço
A paciência e as visitas
O corre do dia a dia
As noites mal dormidas
Acredite ou não
No fundo do coração,
Pra refletir a maior companheira é a solidão
A depressão te joga lá
Pra ver sua reação.
Se o cara fraquejar
Vira escravo da emoção
Alta tensão, perigo ativo
É quando 157 se torna um latrocínio
Ação e Reação... resultado
30 anos sem recurso em regime fechado!
Cada caso é um caso
Cada sentença um juízo
Cada um sabe o que quer
E eu sei do que eu preciso.

Ter uma casinha branca de varanda
um quintal, e uma janela
pra ver o sol nascer
Ter uma casinha branca de varanda
um quintal, e uma janela
pra ver o sol nascer

365 entra ano e sai ano
O calendário/cronometro
Pesadelo pro sonho
De cola na grade, ouvir cantar minha liberdade
Te roubar um beijo e matar minha saudade
Quantas histórias eu vou te pra te contar,
Em quantas delas você vai acreditar...
Sei lá , sei não... com sinceridade
Eu to pagando pra ver o sorriso em sua face
Verdade, a maldade que eu tinha no peito
Foi curada com livros, leitura e conhecimento
Exemplos que vejo aqui nesse inferno gelado
Caras que pela família, foram abandonados
Se convertem , se revertem , se esquecem de quem são
No espelho não se reconhecem , dignos do perdão
Perdoados, só os arrependidos
Ninguém se arrepende, os caras tão cientes
Só Deus é pela gente
Quantas coisas ruins eu vi acontecer?
Quantas mais rebeliões eu vou sobreviver?
Das bem planejadas que não deram em nada
Só mortes , castigos e tentativas frustradas
Se joga quem não suporta,
Quem diz que homem não chora... pzzzzz
Escuta os sussurro depois da 00:00 horas
Fazer o que? cada um com seu perrê
Se chorar, se resolver , eu chorava pra viver, é...
Deu pra perceber que aqui não tem final feliz,
Na facul do crime os formado tão no X
Diploma ou B.O, atestado de óbito
Começa no DP, fórum e termina em velório
Fotos , lamentos, lembranças depois de algum tempo...
Pré-nome detento, cai no esquecimento
Aniversário Adulterado: 2 de novembro
Não é o sonho de nenhum detendo...

Ter uma casinha branca de varanda
um quintal, e uma janela
pra ver o sol nascer
Ter uma casinha branca de varanda
um quintal, e uma janela
pra ver o sol nascer

Já posso ver o meu pivete vindo em minha direção
De braços abertos gritando; meu pai voltou
Com um abraço forte... como se diz... puta que pariu
Nem tem como traduzir
Quero pegar no seu rosto e olhar nos seus olhos
Dizer com convicção; nunca mais te abandono.
Daqui pra frente é nóis e é nóis até o fim
Passou o temporal é tempo de ser feliz
Ò que fita louca , ta mudo o telefone , eu posso ouvir ela mais ela não me ouve
-Olha o bonde , Olha o bonde
Vixi nem brinca , nem me liga
Fim de semana ta ai, quero rever minha família
Ele já foi, que firmeza subiu, o agente passo por mim e nem me viu
-Que dor de cabeça preciso descansar, to com um mal pressentimento mais tarde eu torno a te ligar

- Alô , Alô
-Alô, a Senhora é a fulana de Oliveira Silva? é.. infelizmente seu marido foi assassinado essa noite, numa rebelião..

(refrão)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados