Lágrimas

Andréia Dacal

Minhas lágrimas
Não lhe dizem nada

Como fazer para semear em
Terras secas,
Cálidas?

Minhas verdades,
Preces,
Fé,
Necessitam de força
Para caminhada.

Minhas lágrimas,
Não lhe dizem nada.

Na ausência
De ombros largos,
Amigos,
Sigo sozinha temendo
A falta de abrigo.

Palavras doces,
Gestos de carinho.
Agora restam dúvida
Se realmente existiram.

Assim como a areia escorre
Pelas mãos,
Vou sendo jogada ao vento sem direção...

Você corrompido pela essência
Material,
Sugado em luz em nome de valores
Passageiros,
Superficiais,
Superficiais...

Ansiedade,
Desespero,
Ganância,
Poder,
Dinheiro...

Estou aqui,
Só quero te levar para andar ao sol,
Mas ...

Minhas lágrimas,
Não lhe dizem nada.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados