Ouvir Música

Medo

Dona Cislene

De punhos fechados
Estarei
Meu pulso é lacrado
Já não sangro mais
Eu vim sem medo de perder
Não me compare com você
Fraqueza é uma ilusão então esqueça
Sorria e acene

A pele opaca
O escudo invisível
Inatingível sem lamentar
Atuação impecável
Por uma vida inteira sem se questionar
O homem sem medo sem contar nos dedos
As vezes que não fingiu tão bem
Não ser humano, inseguro
Alguma vez na vida o sentiu também

Nunca impedirá de conquistar o que é seu
Insegurança escondida, reprimida
Com um falso sorriso estampado no meio da cara

Corpo fechado
Se fez demais
Sem perceber
De carne e osso, com a guarda alta
Pra não deixar ver

De punhos fechados
Estarei
Meu pulso é lacrado
Já não sangro mais
Eu vim sem medo de perder
Não me compare com você
Fraqueza é uma ilusão então esqueça
Sorria e acene

O homem sem medo sem contar nos dedos
As vezes que não fingiu tão bem
Não ser humano, inseguro
Alguma vez na vida o sentiu também
A pele opaca
O escudo invisível
Inatingível sem lamentar
Atuação impecável
Por uma vida inteira sem se questionar

Por que
Não ver
Não vai transparecer

Insegurança escondida, reprimida
Com um falso sorriso estampado no meio da cara

Corpo fechado
Se fez demais
Sem perceber
De carne e osso, com a guarda alta
Pra não deixar ver

De punhos fechados
Estarei
Meu pulso é lacrado
Já não sangro mais
Eu vim sem medo de perder
Não me compare com você
Fraqueza é uma ilusão então esqueça
Sorria e acene

BLUTSEFARAH!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados