Ouvir Música

Farda Preta

Gino e Geno

Minha mãe ficou no Norte
Não suportou minha falta
Mas vejam que sorte ingrata
De minha pobre mãezinha

Sofreu tanto a coitadinha
Somente por meu respeito
Hoje adormeci meu peito
Acho que não tem mais jeito

Essa o meu pai lá do céu
Que mande uma estrela pra mim

Mas vejam só minha sorte
Mereço ser castigado?
Para ser um bom soldado
Deixei minha mãe querida

Chorando desiludida
Não ficou me esperando
E saiu me procurando
Com meu retrato na mão

Se Jesus não me der forças
Sei que morro de paixão

Quando eu tinha quinze anos
Minha mãe sempre falava
Que tanto de mim gostava
Tanto bem que me queria

Que eu nunca pensasse um dia
Em deixar-te, fosse embora
E hoje meus olhos choram
Pelo toque de corneta

Deixei a farda amarela
Hoje a minha farda é preta
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados