Ouvir Música

Tempo de Carreiro

Gino e Geno

Me lembro e tenho saudade
De quando eu fui candeeiro
Lá na fazenda Trindade
O meu pai era o carreiro

Eu digo mesmo a verdade
Tenho orgulho em ser roceiro
Lá quando o galo cantava
Os oito bois arriava
Trabalhava o dia inteiro

Pra cidade eu carreava
Produtos de fazendeiro
O carro velho cantava
Subindo os morros faceiro

Os bois de guia chamava
O Brinquinho e o Trigueiro
Meu pai com os bois conversava
De ferrão não precisava
Era macio e ligeiro

(Meu Deus, o mundo virou
Quanta saudade de meu pai
E o seu carro de boi
No sertão que no tempo ficou)

Meu Deus, o mundo virou
Diz que mudou pra melhor
O progresso que chegou
Em meu peito deu um nó

Quem na roça se criou
O mundo ficou pior
Eu passo as noites sonhando
Com o carro de boi cantando
Não tem saudade maior
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados