Lembrança de Boiadeiro (part. Mangabinha)

Gino e Geno

Sou boiadeiro em Mato Grosso
Mas fui nascido lá em Minas Gerais
Eu levo a vida pelas estrada
É a herança dos meus velhos pais

Eu sou peão, rei dos laçador
Mas na viola eu tenho cartaz
Compro boiada no Brasil inteiro
Com fé em Deus eu viajo em paz

Eu fui buscar uma boiada
Foi lá pra banda do chão de Goiás
Mil e trezentos boi carreiro
E quinhentos marruais

Eu joguei o gado na estrada
E a poeira era demais
Eu fui na frente tocando berrante
Para avisar os certos sinais

Eu fui chegando em uma fazenda
Era seu dono o Juca Moraes
O fazendeiro foi me falando
Eu vou comprar o seu gado, rapaz

Então vendi pra ele a boiada
E lá deixei todos os animais
Cinco milhões de cruzeiros novos
Eu apurei os meus capitais

Eu vou voltar para a minha terra
E com boiada eu não mexo mais
Voltei de novo a tocar viola
Sempre cantando e cumprindo os meus ais

Ainda guardo daqueles tempos
Quatro lembrança linda demais
É o meu laço, um berrante de ouro
E dois cachorros policiais
É o meu laço, um berrante de ouro
E dois cachorros policiais
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados