Transporte de Boiada

Gino e Geno

Eu comprei uma grande boiada
Que estava empastada no norte mineiro
Comprei mil e quinhentos novilho
E junto a boiada vem cem boi carreiro

Transportei este gado por terra
Atravessando serra no burrão ligeiro
Pra evitá de conversa fiada
Comprei a boiada e paguei à dinheiro

Pra tirar o gado da mangueira
Eu abri a porteira e soltei no estradão
Mas a filha do fazendeiro
Com olhar morteiro me acenava a mão

Eu saí tocando a boiada
Com fortes pancadas no meu coração
Se a saudade me apertá bastante
Eu repico o berrante tremendo o sertão

Quinze dias tocando a boiada
Pra deixar as estradas de Minas Gerais
Com a poeira daquele sertão
Meu coração padecia demais

Em São Paulo eu vendi o meu gado
E apaixonado eu voltei pra trás
Fui de novo ao norte de Minas
Buscar a menina pro chão de Goiás
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados