Lida, Fazenda e Saudade

Grupo Redomão

Cá na fazenda quando rompe a madrugada
Cuido da lida pesada, dou-lhe um jeito em toda a criação
Dou trato aos porcos, tiro o leite da malhada
Repondto minha boiada e separo no mangueirão

Preparo um mate, tempreo com maçanilha
Enquanto a chaleira chia numa treme bem campeira
Jogo os arreios sobre o lombo da rosilha
Que troteia na coxilha relinchando de faceira

O sol se esconde enquanto apeio no terreiro
O minuano traz um cheiro que vem solto pelo ar
É o caseiro que se encarrega da bóia
Do terreiro o cusco olha, só pra ver o que vai sobrar

Violão e gaita têm na fazenda
Tem verso a trago ao redor de um fogo de chão
Ai que saudade da minha prenda
Que foi embora e que levou meu coração.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados