Lida Gaúcha

Grupo Redomão

Desses potros aporreados
Com lombos destemperados
Eu tenho tirado manhãs
Me tapam de judiaria
Corcoviando todo dia
Na imensidão da campanha

São esses baguais caimbrendtos
Que me dão todo sustento
Com alma xucra e arredia
É nesse ritual profano
No lombo de algum tirano
A vida é só alegria

Me ferve o sangue nas veias
Quando eu brigo com esses galos
O coração pulsa forte
Em meio a pulos e pealos
Mas não há coisa mais linda
Do que lidá com os cavalos

Bamo de mano eu e o potro
Sem se importar um com o outro
Numa peleia gaúcha
Nós dois juntinho no más
Sem nem um pouco de paz
No campo queimando bucha

Eu em cima ele embaixo
Se ele é macho eu sou mais macho
Assim seguimos tajando
Ele tenta me dá um tombo
Mas eu grudado no lombo
Sigo esporeando e surrando.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados