Ah Uh (Onomatopéias)

Lurdez da Luz

Cá estou eu, na estrada, pra voltar, cortando o ar, com meu desejo
Eu poderia dançar com um homem que me puxe pela mão
E perceba minha mente projetando coisas formidáveis que ainda estão por vir
Que goste de sentir (é!)
Que realmente sinta
O que é ter nos braços uma orgulhosa e incansável lutadora,
Que espera impaciente a hora que ele possa ser homem
Simplesmente

Eu poderia deixar meu corpo gritar onomatopéias
Por que palavras meu bem,
Eu nem sei de onde elas vêm
Deixar meu corpo gritar (ah! ah! ah! ) palavras, baby
Eu nem sei, eu nem sei

Talvez o tempo e o espaço e um abraço em todos os meus movimentos
Ainda assim faço questão de mantê-los livres
Eu poderia ser essa dançarina de membros imperfeitos, assim como meu vestido
Mas decorei minha cabeça com conchas e corais,
Da água cristalina na qual mergulho constantemente
Meu par vai perceber sem garantias, o que eu sei é que todas dançamos muito bem, no ritmo de nossas casas
Quando eu voltar eu não vou mais dizer "eu poderia"
E sim "eu posso" (eu posso)

Deixar meu corpo gritar onomatopéias
Por que palavras, meu bem
Eu nem sei de onde elas vêm
Deixar meu corpo gritar, gritar
Por que palavras, baby
Eu nem de onde elas vêm
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados