Ouvir Música

Diálogo

Marcos Valle

Eu, só de amigo e só de amor
Em meu mundo de ilusão
Faço em versos meu viver

Mas ante o desamor
Me guardo em poesia
Fecho-me em canção
A cantar o medo
Eu prefiro me calar

Meu canto é uma lança
Forjada em som
Meu irmão, trago a voz armada em aço e dor
E ao lutar, se peco é por amor
Molhado em vermelho fiz meu cantar

Eu, viajante do amor
Peço abrigo amigo meu
Destemido cantador

O medo não cala tua voz
Medo sim tem a mão que impede o teu cantar
Não quer amar e dá guarida ao mal
Teus versos, espera quem vai lutar

Meus versos te seguem rubra voz

Em canto de guerra vou te encontrar

Te chamo de amigo ou de irmão

Mais forte que amigo eu te chamo irmão
Meu amigo, meu irmão
Meu abrigo, meu irmão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados