1. 1

    Mestre Ambrósio - Fuá na Casa de Cabral

  2. 2

    Mestre Ambrósio - Chamá Maria

  3. 3

    Mestre Ambrósio - Caninana

  4. 4

    Mestre Ambrósio - Pescador

  5. 5

    Mestre Ambrósio - Usina (Tango No Mango)

  6. 6

    Mestre Ambrósio - Saudade

  7. 7

    Mestre Ambrósio - Trupé (queimar carvão)

  8. 8

    Mestre Ambrósio - Pé-de-calçada

  9. 9

    Mestre Ambrósio - José

  10. 10

    Mestre Ambrósio - Sêmen

  11. 11

    Mestre Ambrósio - Vida

  12. 12

    Mestre Ambrósio - No Bojo da Macaíba

  13. 13

    Mestre Ambrósio - Espírito da Mata

  14. 14

    Mestre Ambrósio - Povo

  15. 15

    Mestre Ambrósio - Lembrança de Folha Seca

  16. 16

    Mestre Ambrósio - Os Cabôco

  17. 17

    Mestre Ambrósio - Sóis

  18. 18

    Mestre Ambrósio - A Roseira (Onde a Moça Mijou)

  19. 19

    Mestre Ambrósio - Carneirinho

  20. 20

    Mestre Ambrósio - Coqueiros

  21. 21

    Mestre Ambrósio - Esperança (Na Mata Eu Tenho)

  22. 22

    Mestre Ambrósio - Estrela Amazona

  23. 23

    Mestre Ambrósio - Fazenda Cacimba Nova

  24. 24

    Mestre Ambrósio - Feira de Caruaru

  25. 25

    Mestre Ambrósio - Pedra de Fogo

  26. 26

    Mestre Ambrósio - Pipoca Moderna

  27. 27

    Mestre Ambrósio - Se Zé Limeira Sambasse Maracatu

  28. 28

    Mestre Ambrósio - Fera

  29. 29

    Mestre Ambrósio - Gavião

  30. 30

    Mestre Ambrósio - Maria Clara

  31. 31

    Mestre Ambrósio - Mestre Guia

  32. 32

    Mestre Ambrósio - Sol e Lua

  33. 33

    Mestre Ambrósio - Três Vendas

  34. 34

    Mestre Ambrósio - Vó Cabocla

Fazenda Cacimba Nova

Mestre Ambrósio

Fazenda Cacimba Nova
Foi bonito o teu passado
'Inda estás dando a prova
Pelo o que vejo ao teu lado
Um curral grande, pendido
Um carro velho, esquecido
Pelo sol todo encardido
Sozinho, sem paradeiro
Falta de juntas de boi
Que levantavam ao aboio
Obedecendo ao carreiro

Resistente casarão
Em ti as águas rolavam
Onde os vaqueiros brincavam
Em corridas de mourão
O touro velho berrando
No tronco do pau fungando
Os seus chifres amolando
Com o maior desespero
O heroísmo tamanho
Em defesa do rebanho
Fazendo medo a vaqueiro

Quem te vê sai suspirando
Lamentando cada instante
Vendo o tempo devorando
O teu passado brilhante
Mas rogo a Deus para um dia
Reinar-te ainda alegria
Paz, sossego e harmonia
Voltando a felicidade
Que um sentimental vaqueiro
Passando no seu terreiro
Solte um aboio de saudade
E,e,e,o,e....
E, boi....

Playlists relacionadas Ver mais playlists

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados