Orelhao Azul

Mocóca & Paraíso

Orelhão azul que cobre meu mundo
Milhões de segundos e fichas gastei
Mantendo contato com extraterreno
Jesus Nazareno, a quem eu liguei

Usando o fone da força da mente
Detalhadamente com Ele falei
Dizendo: Meu Deus, Messias Divino
Cordeiro menino, meu Mestre, meu Pai
Os homens lançaram as tábuas por terra
E tanques de guerra no monte Sinai

Tentaram apagar o seu rastro na areia
Mataram a baleia que a Jonas tragou
Tiraram o veneno do escorpião
E no coração alguém aplicou
Fizeram serpentes de aço polido
Num certo sentido que ninguém pensou

Ganharam as águas, explorando os ares
Além dos radares da imaginação
E assim colocaram o mundo bem perto
Exposto e aberto na palma da mão

Orelhão azul, oh céu estrelado
Que os homens alados não vão depredar
A sua estrutura que veio do nada
Por linhas cruzadas na esfera do ar
Gigante formoso pintado de luz

Aonde Jesus subiu pra morar
Ouvindo seu eco por todos os lados
Estou dominado de tanta emoção
Eu vou prosseguindo no conceito meu
Falando com Deus de um orelhão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados