Rainha do Pecado

Nhô Belarmino e Nhâ Gabriela

Quem te vê nesse farrapo
Decaída quase em trapo
Sem abrigo e sem pão
Não sabe que em outros tempos
Foi rainha por momentos
De um reinado de ilusão

E num mar de fantasia
Tu reinava em alegria
Desprezando meu amor
Vens agora envelhecida
Muito triste arrependida
Confessar a tua dor
Vens agora envelhecida
Muito triste arrependida
Confessar a tua dor

Podes crer que a dor é minha
Em rever quem foi rainha
Do esplendor em seu reinado
E agora já sem trono
Vivendo no abandono
Oh! Rainha do pecado

Pode entrar, a casa é tua
Não posso deixar na rua
Quem já foi minha paixão
Aqui tens, minha querida
Minha cama e a comida
Mas eu durmo só no chão
Aqui tens, minha querida
Minha cama e a comida
Mas eu durmo só no chão

Podes crer que a dor é minha
Em rever quem foi rainha
Do esplendor em seu reinado
E agora já sem trono
Vivendo no abandono
Oh! Rainha do pecado

Pode entrar, a casa é tua
Não posso deixar na rua
Quem já foi minha paixão
Aqui tens, minha querida
Minha cama e a comida
Mas eu durmo só no chão
Aqui tens, minha querida
Minha cama e a comida
Mas eu durmo só no chão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados