A Lenda

Pedro Madeira

Beijei as mãos aos meus segredos
Ancorei-me aos receios
E pedi para partirem

Nessa barca de anseios
De onde vejo e planeio
As liberdades

Que me atingem na garganta,
Me ecoam na vidraça,
E se quebram

Contemplando o espelho velho,
Sobre as águas,
No escuro dos meus medos

Refrão:
Eu sei que sabes quem eu sou,
Sei que não esqueces a saudade
Que o meu passado dominou
Já fui feliz na tua idade
Eu sei que sabes quem serei
Serei o filho de outra vida
Nasci na ponte das promessas,
Eu sou a lenda adormecida

Limpei as lágrimas à terra,
Cultivei as minhas metas,
Fiz crescer os meus momentos

Decidi a adoção,
De uma velha condição,
Quem será o Deus da sorte?

Que me leva até ao topo?
Me controla nos azares?
E me acorrenta?

E em seu nome vos consome,
Vos lidera a luz interna,
E se esconde?

Refrão:
Eu sei que sabes quem eu sou,
Sei que não esqueces a saudade
Que o meu passado dominou
Já fui feliz na tua idade
Eu sei que sabes quem serei
Serei o filho de outra vida
Nasci na ponte das promessas,
Eu sou a lenda adormecida

Eu sou a lenda,
Eu sou a lenda,
Eu sou a lenda,
Eu sou a lenda

Refrão 2x
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados