Eles Não Moram No Morro

Pevirguladez

Dizem que a favela é produto do mal
Depósito da pobreza, fábrica de marginal

Uma doença sem cura, um problema social
E que quem mora no morro, não passa de animal

Mas deixa falar qu'e isso é tudo imoral
Não traduz a verdade de um povo bem legal

Que é sofrido na dor, alegre no carnaval
Essa história que eu conto, não é ficção, é real

Sargento barbosa é o primeiro da lista
Era envolvido com tráfico, agora é da milícia

Subordinado às ordens do capitão garcia
Ele passa o dia no morro, em vez da delegacia

Venda de gás, gatonet, e ainda tem a propina
Cooperativa de van, esse é o ouro da mina

Se vacilar, vai pra vala, a sua lei determina
Onde é que vamos parar com essa carnificina

E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá

Vejam como é complicada essa vida de artista
Fugir dos paparazzi, assédio da mídia

Mas rodrigo casanova dá suas escapulidas
E na subida do morro encontra as fãs preferidas

Maria juana, camila do pó
Stephany crack, judite loló

Já comprou até um barraco pra podê-las encontrar
A vizinhança já não sabe onde isso vai parar

Agora eu vou falar de um tremendo vacilão
Que não sai lá do morro em época de eleição

É o candidato prometeu, sujeito muquirana
De tijolo a dentadura, é assim que ele te engana

Beija idoso e criança, promete esperança
Quem acredita vota, e quem vota dança

Depois de eleito é que se sabe a verdade
Nunca mais pisou no morro, nem na comunidade

E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá

Ainda não falei sobre essas duas pessoas
Marcelo bam-bam-bam, letícia villas-boas

O playboy é viciado, a patrícia é cinderela
Ele já vendeu o carro, e ela pensa que é novela

A família todo dia busca eles na favela
A namorada do bandido, e o noiado que é seqüela

A mãe diz na tv que o morro é o culpado
Os jovens são as vítimas e lá tá tudo errado

Já falava aquele verso, o morro não tem vez
O preconceito continua semeando insensatez

Sociedade em passeata, é tudo jogo de cena
Jornalismo explorador, olha o programa do datena

O governo é omisso, faz sua parte no esquema
E a polícia? hum, é a escória do sistema

Enquanto verem o morro como foco do problema
Muito sangue vai jorrar como se fosse no cinema

E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
E eles não moram no morro, mas não saem de lá
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados