Profissão MC

Thaíde

Década de 80 foi muito bom
Voltado direto com a música e o break de chão
Comecei assim, panteras negras
Dragon breakers e finalmente back spin
Eu e o hélio treinávamos lá no primavera
Nos finais de semana, no parque Ibirapuera
O QG era casa do Mário, grande irmão
Família toda apoiava, todo mundo sangue bom
Humildade, coragem e respeito, um grande

Aprendizado não sabia nem falar direito mas aprendi
Por isso estou aqui dominando o microfone pra você se divertir
Os mano cresce os zóio e as meninas pagam um pau
Comédia que passava bem agora tá
Passando mal

De ver tanto moinho de vento, giro de
Cabeça e pra lembrar a capoeira o B-boy dá o mortal
O tempo passa, não embaça
Ultrapassa nesse exato momento muita ideia já virou fumaça
Enquanto vou continuando por aqui
Profissão MC, o DJ nas quadradas é assim

É assim! Sempre foi assim!
Pra falar de hip hop tem que ter muito respeito
Enfim

O dia tá bem loco o Sol rachando o coco
Tô a pampa na cena sossegado de pipoco
Suando a camisa encharcada de adrenalina
Loucura intensa você nem imagina
As mina tão no break, os cara já tão vindo

Dominam a pista, enquanto microfone eu domino
Giram pra lá e pra cá, no boogie ele vai quebrar
E vamo que vamo que o som não pode parar verdade
Bambaata nos mostrou que é responsabilidade
Viver com dignidade zulu
Paz, união, diversão para todos
Zona leste, oeste, região central, sul
Agitam os sprays
Grafiteiros que são reis
Na arte de colorir essa cidade embaçada

O beatbox rola solto, hipnotiza o povo
Numa batalha de MC improvisada
Ideia vai ideia vem, ideia fica também
Principalmente se for ideia do bem
Enquanto isso, vou ficando por aqui
O DJ nas quadradas profissão MC

É assim! Sempre foi assim!
Pra falar de hip hop tem que ter muito respeito
Enfim

O tempo passa, a coisa mais embaça
O amor diminui, aumenta a farsa a desgraça
Juntos, porém, separados
Só assim anda os quatro elementos
Amor, respeito, atitude e negritude
E esperanças que as coisas mudem
Palavras fora de moda. Ligue o rádio
Sangue jorra é mãe que chora
Vive pela ostentação

Quer dinheiro, casa, fama, mulher, carrão. 1, 2. 1, 2
Pra cair na tentação
O rap te ensina como morrer ou ir pra prisão
Esquece o livro entorna vinho ou cerveja
Respeito, infelizmente, se enrola na ceda
Dou mais valor àqueles que descansam em paz

O rap é linha de frente só anda pra traz
Eu tenho 30 de idade de rap 18
Quem chega hoje acha que é pouco respeito mútuo
Sempre conquisto
Fazer o melhor pra melhorar é
Compromisso

Ai, jão! Vou ficando por aqui, DJ dri
Som d'drão, profissão MC
E isso aprendi com o verdadeiro rap
Vê se me respeita, moleque
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados