Ouvir Música

Prêmio e Castigo

Toquinho

Clareou, o sol raiou
Como faz quase todos os dias da semana.
Meu amor, o meu amor
Ilumina meus dias com a luz que ele emana.

Andava calado e tristonho no meu país.
Sonhava como todos sonham em ser feliz.
Vivia regando a semente do cotidiano
Sem novidade aparente, nenhuma grande emoção.
Mas a paixão quando chega em alto astral,
Bagunça a vida da gente,
Subverte a ordem geral.
Não vem do céu nem do inferno, não.
O amor não tem raça, nem cor, nem religião.

Na vida quem corre perigo é quem sabe amar.
Não sei se é prêmio ou castigo se apaixonar.
O fuso horário da gente faz da noite o dia.
É um tal de taquicardia, insônia, ciúme no ar.
A hora do amor é a dança da sedução,
É adrenalina no sangue, batuque no coração.
Não vem do céu nem do inferno, não.
O amor não tem raça, nem cor, nem religião.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não