Invívido

Velhos e Usados

Sóbrio
é preciso estar assim
Pra não alimentar
As balas que ouço durante
A noite
será que eu estarei aqui
ou vão ter que me tirar
Outra vez de outro
freezer
E faz tanto frio aqui
ao menos não estou só
Vou com a dor de quem me leva
e com outros que nessa guerra
optaram por ser tão tolos quanto eu

quem vai querer assumir toda culpa só
Se está em cada um a cumplicidade da dor
Quem vai ser o muro e proteção maior que cada
filho teu não verá antes de descansar


Cego
Será que eu fui sempre assim
ao menos vou tentar
carregar a burrice só
comigo
puxar o meu gatilho e só
terminar
por te minar no desastre em meu
abrigo
na minha estupidez maior
te deixar
com a dor de quem me leva
sensação de derrota e guerra
de quem luta pra crer que o filho não morreu
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados