Ouvir Música

Release My Symphony

Visions of Atlantis

Abre os meus olhos
Eu fiz isso até o nascer do sol
Ventos chamam meu nome
Nenhuma força viva pode redefinir a pessoa que eu sou

Ressuscitar dentre os mortos
Os oceanos são cintilantes e generalizados
Asas voando alto
O universo lerá meu coração das profundezas às montanhas

Recupere o trono e esta coroa esquecida

Solte minha sinfonia
De inocência e poesia
Revelar o remédio
Em melodias e palavras
Fuja das tragédias
Essas rapsódias inéditas
Ode às almas
Que anseiam por se desenrolar

Batalhas que lidero
Aprecie a força com a qual luto
Lágrimas que derramei
Mas a esperança de amanhãs brilhantes afastará as tristezas

Recupere a glória que perdi há muito tempo

Solte minha sinfonia
De inocência e poesia
Revelar o remédio
Em melodias e palavras
Fuja das tragédias
Essas rapsódias inéditas
Ode às almas
Que anseiam por se desenrolar

Deixando os braços de espinhos e fantasmas
Sonhando que o dia chegará
Acho que posso chamar de lar

Sair ao amanhecer
Não há caminho de volta
Tudo o que eu fiz
Selou meu passado
Vou procurar uma costa
Onde o amor deve durar
Se a esperança morrer
Mina vai morrer por último

Liberte minha profecia
Minhas lembranças: meu legado
Minhas guerras, minhas vitórias
Meus mistérios desconhecidos
Solte minhas fantasias
Meus séculos de alegria
Ode à minha alma
O primeiro a se desdobrar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados