Banido do Santuário

Blind Guardian

Nos desertos eu estava pregando
A mão de Deus estava comigo
Batizado com água e eu louvei
Aquele que me protege
Para nos salvar com o espírito sagrado
Um profeta dos tolos
Eu estava perdido

Estou certo de que você
Está lá vagando
Mas você se importa comigo
Eu estou sozinho
Você fala de amor mas não pra mim
Em minha fria masmorra eu poderia pensar
Em todas as coisas que você disse
Mas eu não posso entender seu famoso filho

Eu deixei o caminho para o paraíso
Ou foi você que me desviou dele?

Não, não há mais volta
Eu fui banido do Santuário
A escuridão em mim
Está me consumindo em dor
Não há como voltar
Para a eternidade

Nas sombras eu estou andando
E preso na solidão
A libertação eu espero mas por quanto tempo?
É você quem deveria vir
Mostrar-me a sua luz
Ou deveríamos esperar por alguém?
Por outro!

Não, não há mais volta
Eu fui banido do Santuário
A escuridão em mim
Está me consumindo em dor
Não há como voltar
Para a eternidade

Seu Reino virá para este mundo
Seu caminho polido com meu sangue, amigo
Meu poder diminuirá, mas você ficará
Poderoso, sim muito poderoso
Tenha cuidado com os ratos, amigo
Porque eles nunca dormirão
Antes que ele o pegue também

Os cegos podem ver o sol
Aleijados andam sozinhos
O surdo pode ouvir minhas palavras
Eles acreditam, simplesmente acreditam

Eles acreditam em mim
Veja! Os sinais estão claros
Para cumprir minha tarefa
Para cumprir meu caminho
Para cumprir o caminho que percorri
O caminho do crucifixo

Eu ouço o carrasco se aproximar
Eu espero pela execução

Não, não há mais volta
Eu fui banido do Santuário
A escuridão em mim
Está me consumindo em dor
Não há como voltar
Para a eternidade
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados