O Trono

Blind Guardian

Tirem-no do trono
Além do mais, ele não está mais no controle
O rei virá, acabou
O jogo continua

Alguém espera do outro lado
Tentando superar
Tem que ser nesta hora

Lá do outro lado
Nós sabemos que alguém continua esperando

Você não conhece seu inimigo?
Você não sabe que está condenado?

Libere a fera
Libere-a
Eu vim para lhe dizer mais uma vez
Não deixe que ele quebre o selo
Mas deixe-me lhe dizer mais uma vez
A paz virá

Nós devemos servir o fogo
Devemos confessar que somos mentirosos
Deve haver algo no fim

Nós somos a maldição
Temos que alimentá-lo
Nós devemos servir ao fogo
Determinação
Culpe a luz

Pois tudo deve queimar no final

Nós devemos servir ao fogo
Nós devemos servir ao fogo

Dê-nos abrigo contra a tempestade
Dê-nos esperança
Dê-nos abrigo contra a tempestade
Dê-nos esperança

Amaldiçoado seja o vento
Uma tempestade do norte
Vem para nos dividir
Nos negará
Para quebrar o seu rei

Estas eram terras negras
Num mundo morto
Reagrupado
Nós o trouxemos à luz
Uma união da terra e do rei

É um mundo novo
É uma nova terra
Mas acaba aqui
Aqui e agora
Outra falha, outra vez

Nós não acreditaremos numa palavra que possa dizer
Nós não acreditaremos numa palavra que possa dizer

Agora podemos ver o inimigo
Eu vim para lhe dizer mais uma vez
Sou eu, eu tenho a chave
Mas deixe-me lhe dizer mais uma vez
A paz virá

Nós devemos servir ao fogo
Devemos confessar que somos mentirosos
Deve haver algo no fim

Nós somos a maldição
Temos que alimentá-lo
Nós devemos servir ao fogo
Determinação
Culpe a luz

Pois tudo deve queimar no fim

Nós devemos servir ao fogo
É uma maldição à qual estamos todos presos
Nós devemos servir ao fogo

Malditos sejam todos eles
Eles derrubarão os muros
Virão para nos dividir
Eles nos desafiarão
Me tomarão trono

Tudo o que sou é nada mais
Do que você fez de mim
Não sou nada mais
Sua visão de outro deus
Tudo que sei é que eles não darão
Mas levarão embora
A sua luz sagrada
No entanto, eles vêm louvar os condenados

Você não vê?
É a sua inocência que eles roubarão
Sim, eles vêm por você
Eles vê para enganar
Você foi traído
Você admira esses mentirosos
Eles nunca me enganarão

Nós não nos renderemos
Nós não aceitaremos mais isso
Nós não nos renderemos
Nós não aceitaremos mais isso

Nós quebraremos o selo os libertaremos
Eu vim para lhe dizer mais uma vez
Como eu revelarei agora
Mas deixe-me lhe dizer mais uma vez
A paz acabou

Nós devemos servir ao fogo
Devemos confessar que somos mentirosos
Deve haver algo no fim

Nós somos a maldição
Temos que alimentá-lo
Nós devemos servir ao fogo
Determinação
Culpe a luz

Pois tudo deve queimar no fim

Nós devemos servir ao fogo
É uma maldição à qual estamos todos presos
Nós devemos servir ao fogo

Nós somos a maldição
Temos que alimentá-lo
Nós devemos servir ao fogo
Determinação
Culpe a luz

Nós devemos servir ao fogo
É uma maldição à qual estamos todos presos
Nós devemos servir ao fogo

Determinação
Culpe a luz
Culpe a noite
Dia e noite
Preto e branco

Olhe para você
Não há mais nada a temer
Não há mais nada a temer
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados