Ouvir Música

Os Monólitos Ardentes do Desafio

Dimmu Borgir

Com corações da meia-noite
Iluminados pela sua luz infernal
Nós nos postamos como um monólito de ira
Unidos sob o comando do pastor de milhares de jovens
Dois chifres estendidos para o alto em desafio
Três invertidos conforme a Trindade negada
Uma falange de lamentadores de preto
Caindo em direção ao terror noturno

Soltaram a besta tentadora
Ergueram seus chifres em blasfêmia orgulhosa
Eu serei seu guia na gloriosa escuridão
E enfeitiçarei você como um gosto do pecado
Soltaram a besta tentadora
O canto de theron em palavras de desprezo ardente
Me conceda meus desejos obscuros
Fortalecido pelo poder de satã

Tenha prazer no tormento do miserável
E regozije no prazer da carne
Veja o rosto de satã
E caminhe pelos campos de fogo erótico

Cace os paraísos...

Um aceno tentador infiel
Por paisagens reluzentes de pesadelos horrendos
Juntamente entre símbolos e sinais
Um brilho de uma nova luz nasce durante a noite

Entregue-se a sua luxúria e aos seus desejos carnais
Em sangue depravado - gotejando êxtase
Em nome de satã
Eu te conduzo à tentação
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados