O Semeador e o Ceifeiro

Eliã Oliveira

Semeei a semente, sim na primavera
Reguei-a com lágrima, choro e dor
Mas outro talvez ceifará os frutos
Trazendo com gozo ao Senhor

Vez após vezes, a minha alma sente
Angústia e o choro do semeador
Mas o que semeia tanto quanto o que ceifa
Terão recompensa das mãos do Senhor

O ceifeiro recolhe com gozo os frutos
Nem sempre sabendo a dor que custou
Para quem trabalhou tanto, com sol ou chuva
E com paciência a semente plantou

Vez após vezes, a minha alma sente
Angústia e choro do semeador
Mas o que semeia quanto o que ceifa
Terão recompensa das mãos do Senhor

Vez após vezes, a minha alma sente
Angústia e choro do semeador
Mas o que semeia tanto o que ceifa
Terão recompensa das mãos do Senhor
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados