Eu e Meu Cavalo

Juliana Spanevello

(seguimos eu e meu cavalo
Nosso destino de andejar
Que a vida é um sonho inconformado
Pra quem tem sede de buscar...)

Olhos em brasa, crinas ao vento
Dentro do peito bate um tambor
Centauro xucro, criado a campo
Feito um "relampo" no corredor...

Não há quem pare nosso galope,
Não há quem tope a nossa parada,
Que a cancha é nossa e "joguemo a dobre"
Por garantia da patacoada...

(seguimos eu e meu cavalo
Nosso destino de andejar
Que a vida é um sonho inconformado
Pra quem tem sede de buscar...)

Sangue latino, sangue pampeano,
De amor e luta, de guerra e paz
Por isso a força de abrir caminhos
E o telurismo que a gente traz...

Não froxo o tranco, pois sei que o tempo
Sabe por viejo e sabe por malo
Eu sou de um povo que escreve a história
A suor e pata de cavalo

(seguimos eu e meu cavalo
Nosso destino de andejar
Que a vida é um sonho inconformado
Pra quem tem sede de buscar...)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados