Primeira Comunhão

Léo Canhoto e Robertinho

Papaizinho eu completei sete aninhos de idade
E ainda não sei fazer nenhuma oração
Porque que o senhor não quer me levar na igreja
Pra ver o padre pronunciar o seu sermão
Ele é bonzinho, conversou muito comigo
Falou que é Deus que nós da proteção
Ele pediu para mim ir domingo na igreja
Para fazer a minha primeira confissão

Mas o seu pai muito carrasco e sem consciência
Não tinha crença, não acreditava em Deus
Ao ver seu filho querendo se confessar
No mesmo instante no menino ele bateu
Enquanto o padre celebrava a Santa Missa
Lá na igreja ele entrou de prevenção
Surrou o padre só porque ele queria
Que o seu filhinho recebesse a comunhão

Com seu chicote aquele homem sem piedade
Deixou o padre quase sem vida no chão
Voltou pra casa e encontrou o seu filhinho
Muito doente sem saber qual razão
E o doutor disse pra ele muito triste
Essa criança já não tem mais salvação
Somente Deus pode salvar o pobrezinho
Da fria morte, da cruel escuridão

Ao ver seu filho que morria no seu leito
As suas lágrimas caim pelo chão
Naquele instante o menino foi dizendo
Quero que o padre venha me dar a bênção
Arrependido sem saber o que fazia
Triste chorava aquele homem valentão
Voltou na igreja e para o padre foi dizendo
Para salvar seu filhinho do coração

Ao ver o padre que entrava no seu quarto
O menininho sorriu de satisfação
Saiu andando na presença do seu pai
Ao receber sua primeira comunhão
Foi um milagre que se deu naquele instante
Aquele homem se tornou um bom cristão
Jesus ensina nos seus santos mandamentos
Que ao errado devemos dar o perdão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados