A Cada Dia

Lou (BR)

Onde é que foi parar o sol?
Onde foi que se escondeu?
Não sei mais, são seis da tarde
Ouço o vento na janela, sinto o frio
Sempre vejo as mesmas letras no jornal

Sinto o cheiro do asfalto
Que eu lá fora a cada dia
Como as ideias que deixei morrer
Volto em casa e vejo que a luz acesa
É sinal de que você chegou

Muros, grades e a claridade dos faróis
Tanta pressa pra chegar
São pessoas como eu
Que se cansam, que xingam e falam
Fingem que as coisas são bem mais
Do que realmente são

Não esteja do meu lado só quando achar necessário
Eu preciso de você aqui
Não entendo os meus dilemas
Só me deixa
Só me queira
Só me beija assim

Eu não entendo os sinais
Pichados nos seus vidros
Não tenho as chaves dos portões desse paraíso
Agora é tarde, quero ir
Não me acorde pra lembrar
Nem dos livros nem do paraíso

Muros, grades e a claridade dos faróis
Tanta pressa pra chegar
São pessoas como eu
Que se cansam, que xingam e falam
Fingem que as coisas são bem mais
Do que realmente são

Não esteja do meu lado só quando achar necessário
Eu preciso de você aqui
Não entendo os meus dilemas
Só me beija
Só me queira
Só me beija assim

Eu não entendo os sinais
Pichados nos seus vidros
Não tenho as chaves dos portões desse paraíso
Agora é tarde, quero ir
Não me acorde pra lembrar
Nem dos livros nem do paraíso
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados