Caboclo Folgado

Nestor e Nestorzinho

Não gosto de trabalhar
Gosto de viver a toa
Por isso armei meu rancho
Lá na beira da lagoa
Bem longe do povoado
O meu rancho é situado
Na baixada da taboa

Ergui meu rancho sozinho
Fiz igual cerca de horta
Cobri com folhas de mato
Cerquei com madeira a porta
Meu rancho ficou um sarro
Fiz igual ao joão de barro
Deixei somente uma porta

Lá eu me sinto feliz
Minha vida é muito boa
Minha cama é uma rede
Meu carro é uma canoa
Moro longe da cidade
Mas tenho felicidade
Lá na beira da lagoa

Uma vida igual a minha
Eu sei que outra não há
Lá da beira da lagoa
É difícil de eu mudá
Para mim sair dali
Só se meu rancho caí
Ou se a lagoa secar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados