Expresso Boiadeiro

Nestor e Nestorzinho

Pela estrada vou rodando, e cantando essa canção
Conduzindo a boiada, vou rompendo de caminhão
Mas comigo fica sempre, macucando o coração
A saudade do berrante ecoando pelo sertão

Adeus minha mula baia, adeus, adeus meu alazão
Adeus tempo que passou, adeus, adeus poeira do chão
Adeus toda a peonada, adeus, adeus tempo passado
No expresso boiadeiro eu, sozinho levo o meu gado
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados