Pedacinho de Gente

Silveira e Silveirinha

Estou sofrendo no mundo desse jeito
Estou achando o meu mundo diferente
Os meus dias se transformaram em desilusão
Meu coração está ficando pertinente

Foi a causa de um alguém que me deixou
Fiquei magoado, de tudo fiquei descrente
Não sei mais o que vou fazer na vida
Sem essa ingrata, meu pedacinho de gente
(Não sei mais o que vou fazer na vida
Sem essa ingrata, meu pedacinho de gente)

Ela partiu, eu fiquei amargurado
De homem fracasso me tornei até valente
Eu já nem quero conversar com meus amigos
Só inimigos eu vejo em minha frente

Essa ingrata foi cruel e foi malvada
E até por ela fiquei triste, doente
E agora só vejo infelicidade
Por essa ingrata, meu pedacinho de gente
(E agora só vejo infelicidade
Por essa ingrata, meu pedacinho de gente)

Ainda conservo seu retrato sobre a mesa
Sempre me olhando com seu olhar sorridente
Naquele sorriso vejo a sua falsidade
E assim me tornei muito descrente

Ela sabia que eu amava tanto, tanto
E me traiu igual a cruel serpente
Me deixando sem amor e sem carinho
Aquela ingrata, meu pedacinho de gente
(Me deixando sem amor e sem carinho
Aquela ingrata, meu pedacinho de gente)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados