Samba Enredo 1996 - Dos Brasões do Reino de Portugal, Ao Explendor da Bandeira Nacional

G.R.E.S. Acadêmicos do Cubango (RJ)

Quando a Idade Média despontou
Renasceu um novo dia
Brilharam os brasões
Que enalteceram... A nobreza
Vem nas ondas como herança
Ordem de Cristo e minha esperança
Com o poder da esfera armilar
E os sete castelos dourados
Um grande Reino foi criado

A pomba branca do divino
Bumba-meu-boi, maracatu
Meu folclore em aquarela
Aconteceu de norte a sul

Foi riscada neste chão
A liberdade sonhada
Anseios de um povo
Oh! Pátria amada
Em meio a tantas bandeiras
Erguidas no país
Surge a soberana
Sob um céu azul anil
Ordem e progresso, Brasil

A fé que me leva (oi)
Me leva ao infinito
Meu brasão é o coração
Minha bandeira é minha paixão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados