Ouvir Música

Surra de Pau

Liu e Léu

Que linda manhã temos hoje em patrão
Essas manhãs de Maio
Sempre foram lindas
Por isso vamos andando
A Ritinha já deve estar esperando

Depois de trabalhar meio dia
O rumo de casa tomei
Porque no rancho
Esperava Ritinha com quem me casei
Com pressa parti para casa
Para encontrar meu amor

Que quadro triste encontrei
Que partiu meu peito de dor
Ritinha quase morrendo
Gemendo caída no chão
Com sua roupa rasgada
Ferida sem compaixão

Ritinha o que foi que lhe fizeram
Responda meu amor
Um perverso bandoleiro
Atacou nosso rancho
Tudo eu fiz para me defender
Mas ele roubou e tentou me matar

Quem era ele e para onde foi
Esse bandido desalmado
Ele saiu correndo em direção a colina
Para o lado da cidade
Vou pegar esse ladrão
E lhe dar a maior lição da vida

E ao descer a colina
O bandoleiro alcancei
Numa laçada certeira
Aquele ladrão dominei
A surra que dei no bandido
Por pouco não lhe matei

Bem amarrado na chincha
Para a cidade arrastei
Na porta da delegacia
Pro delegado entreguei
Só não lhe tirei a vida
Pra respeitar nossa lei
Senhor delegado esse homem
Que está ai no chão
Eu trouxe até aqui arrastado
Está quase morto
De uma surra que lhe dei

Mais porque o senhor fez isso?

Porque é um ladrão covarde
Assaltou nosso rancho
Feriu minha mulher estava fugindo
Mas eu alcancei na estrada
E lhe quebrei de pau
Como o senhor está vendo

Eu só não tirei a vida desse infeliz
Por respeitar a Deus
Fez muito bem, só Deus tem o direito
De tirar a vida de alguém
Agora ele está entregue à justiça
E será novamente punido
Pelo crime que praticou
E o que você fez a ele está muito certo
Um ladrão covarde desse
Merecia ser tratado assim
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados