Avião

Marcello Gugu

Daí, eu disse pra ela: Você é um avião!
Ela riu, disse que foi
Uma das piores cantadas que já ouviu na vida
Perguntou se eu tinha aprendido
Essa com meu vô
E fez um sinal de negação com a cabeça
Eu ri e perguntei: Pô! por que com meu vô?
Aí ela disse: Avião? Avião? Aff! Que pior!
Por que eu seria um avião?

Eu, Parei, Pensei, então eu disse: É, avião!
Você vive alta porque sonha demais
E sempre que toca no solo
É somente pra pegar combustível
Pra continuar voando

Seus pés foram feitos
Para dançar com o vento, e, sua cabeça
Convenhamos, vive nas nuvens!
Seu coração é quase um diário de bordo
Registra e guarda todas
As suas horas de voo, os acidentes de percurso
As milhas de relacionamento

Mas, sua mente, essa sim é sua caixa preta!
Nela, estão registradas as coisas mais importantes da sua vida
Seu sorriso, suas lágrimas
Suas paixões, sua vaidade e seus segredos
Afinal, toda mulher é feita de mistérios

E pensando bem, eu acho que o meu céu tem o cheiro
Do seu cabelo molhado
Enfim, numa relação entre eventos
Bons e ruins, nasceu sua personalidade
Você é encantadora sabia?!
Mesmo com essa cara fechada!

O desenho dos seus olhos
Me lembram o nascer de um novo dia
Me mostram oportunidades
Em amanhecer azul claro
Perdidas no céu da sua boca
Eu gosto de ver como o dia nasce

Às vezes imagino que Deus é um pintor
Pela forma de como as cores
Vão ganhando espaço no céu
No decorrer de como a manhã se abre
Por falar em abrir, o nascer do dia parece
A abertura de um sorriso do horizonte
Eu adoro a forma como você sorri

Certezas? Eu não tenho nenhuma
Mas acho que nosso romance
Teria as cores de um fim de tarde
E, por você ser um avião, acredito que iria
Ver o dia nascer nos seus lábios
E se pôr no seu calcanhar

É, você é um avião! Acho que todo garoto
Já quis ter um ou, pelo menos, estar em um
E qualquer um ao seu lado
Se sentiria flutuando
Se sentir livre ao lado de alguém
É quase que sentir a liberdade
Dentro de um objeto, feito de metal, que voa

Apesar de toda a física, aviões são feitos de ferro
Lata, fios e sei lá o quê, igual colheres
Que são feitas de metal
Elas não voam, mas aviões sim!

Ao seu lado, sinto um frio na barriga
Me avisa se você for decolar
Eu prefiro fechar os olhos ao ver
O horizonte sumir na minha frente
E sem garantia nenhuma
De que vou por os pés no chão de novo
Mas, pensando bem
Essa sensação não é incrível?!

No meu caso, sempre que vejo um avião
Imagino: Da onde será que ele vem?
Pra onde será que ele vai?
Quantas pessoas
Já passaram pela sua história?
O que já viveu?

Aonde será que gosta de ir?
Quantos beijos já trocou com as nuvens?
Quantas turbulências enfrentou
Para chegar ao seu destino?
Quantas histórias compõem sua história?
Enfim, imaginei tudo isso
Quando meus olhos cruzaram os seus
É, na minha definição
Você é um avião
Hey, bonita!
Posso voar contigo?
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados