Ouvir Música

Glórias e Renúncias

Mensageiros da Profecia

De que vale
O homem ganhar o mundo inteiro
E perder a sua própria alma?
De que vale estar aqui
Se não for pra te sentir?

Renuncio a essa glória
Eu não quero mais

De que vale os cordão de quilate
Pendurado no seu moletom?
Já não consegue brilhar
Pois nada mais ofusca o seu dom
Você é bom no que faz
No que faz é sempre o melhor
O numero um da cidade
O seu rosto estampado nos outdoor
Sendo popular fazendo aquilo que sempre gostou
Sobe nos palcos
Vômito que chama de show
Talvez o seu público
Nem sabe quem você realmente é
Um personagem criado distante da fé
De que vale as viagem
Paris, miami, boston?
Sua matéria na capa da rolling stones
Nos altos picos
Estourando champanhe chandon
E solitária sua mãe mais um reveillon
Esperando o filho
Por quem sempre orou!
Se perguntando
Onde foi que errou?
Seu coração, já fraco se entrega ao engodo
Não resistiu, ela morreu de desgosto
De que vale estar aqui
Se não for pra te sentir?

Renuncio a essa glória
Eu não quero mais
De que vale estar aqui
Se não for pra te sentir?
Renuncio a essa glória
Eu não quero mais
Me perdi na ilusão

Hoje compreendo a frase que fere
Feito uma navalha
Mãezinha querida!
Me dizia: Meu filho, abre o olho
Contrato assinado é uma alma vendida!
Nada compra o discurso de um homem
Mantenha se firme
Preserve a justiça
Hoje comercializo a fé
E vendo um Deus para cada cobiça
Faço jus a essa prosperidade
Avarenta que esquenta o banco do templo
Alimento a falsa esperança
Inflando o ego de um servo soberbo
Minha cara estampada com a frase embaixo
É tempo de viver conquista
Na fachada de uma igreja
De um mercenário atrai dizimista
De que vale subir em altares
Falando de um Deus que eu nunca conheci?
Pronuncio palavras estranhas
Fingindo a presença que eu nunca senti
Profecia da boca pra fora
Sou um caricata, simulo um dom
Depois disso eu recebo o cache
E gasto sua oferta num hotel bourbon
Era bom quando era verdade
Tudo que escrevia, mas não lucrativo
Hoje escrevo mentiras
Com doce recebo dinheiro, a fama e o brilho
Me arrependo por ter me vendido
Pra essa indústria que vende o céu
Eu mereço a paga dos atos
Eu me fiz de santo
Mas fui infiel!
De que vale estar aqui
Se não for pra te sentir?

Renuncio a essa glória
Eu não quero mais
De que vale estar aqui
Se não for pra te sentir?
Renuncio a essa glória
Eu não quero mais

Então restaram duas opções
Só que
Acabaram suas ilusões
E o que
Somente o tempo irá curar
Aqui
Existe um preço a pagar
De um lado
Muito luxo e conforto
Só relaxar
Do outro lado
Tempo curto e esforço
Pra reatar
Com quem outrora
Você feriu, até desprezou
Com quem agora
A vida te reencontrou
Já era!!
Tornou expostas as suas feridas
Não despreze
A logica mais simples sobre a vida
Não importa
Quanta grana tu possa gastar
Mãe é só uma
E na loja não dá pra comprar
Ohh
Ohh

Renuncio a essa glória
Eu não quero mais
De que vale estar aqui
Se não for pra te sentir?
Renuncio a essa glória
Eu não quero mais
De que vale estar aqui
Se não for de te sentir?
Renuncio a essa glória
Eu não quero mais

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados