Ouvir Música

Volta Pra Casa

Mensageiros da Profecia

É noite de chuva, onde é que você deve estar?
Pra estar assim tão longe de mim
Será que está em alguma calçada?
Tá sofrendo, ou dando risada?
Tá chorando, ou curtindo a balada?
Se eu pudesse eu te perguntava

Eu vi você meu filho na sarjeta triste pensando
Perdeu a noção do tempo, meses viraram anos
Deixou planos e uma família a te esperar
Disse: até logo, logo já passou, nada de voltar
Espinhos no mundo afloram, ferindo sua história
E eu me esforço pra escrever a certa por suas linhas tortas
Eu sou a voz que fala e molda seu caráter
Eu vou travo, o revolver impeço que ele o mate
Eu sou a coincidência que da morte te desvia
Aqueço seu coração que repousa na calçada fria
Mas pra ti a paz, alguém de longe a te escutar
Porém estou tão perto e choro ao ver você chorar
Amém, não me conheces, olha no espelho e veja
Minha imagem semelhança por baixo de suas tristezas
Ferido por seus erros, moído por seus caminhos
Pra te coroar com ouro eu fui coroado com espinhos
Deus do céu que veio a terra por você
Imperceptível aos olhos humanos eu consegui te ver
Porque eu estava lá despido da minha glória
Me fazendo de maldito, caminhando entre escórias
Histórias marcadas nas palmas das minhas mãos
Cada erro uma ferida, cada acerto um perdão
Então veja o meu sacrifício, não foi o bastante?
Sua vida é preciosa pois foi paga com meu sangue

Porque que você deixou seu lar? E foi pra tão longe?
Tão longe assim, será que pode sorrir?
Será que se esqueceu de Deus? De mim?
Por favor, volta logo pra casa

Eu vi você meu filho na janela, triste sonhando
Uma semana virou meses, completaram 4 anos
Sem seu pai, perdeu a esperança esperando
Se esforçou pra odiar porém permaneceu amando
Pra família um vício, difícil não sabe se volta
Você espera a inconfundível batida na porta
E ora, como louvor sua voz sobe ao meu trono
Sou eu que cuido dos seus enquanto repousa no sono
Quem diz: dessa família não vai vir nada que presta
Eu digo: tu serás bênção, essa é minha promessa
Um escolhido, chamei a muitos, poucos deu ouvido
Antes que eu possa te dar tudo sem nada ser requerido
Meu tudo é lindo, é vida, é salvação
Mais que uma casa é um lar, mais que dinheiro é comunhão
Mais do que religião sou caminho verdadeiro
O amor que abraça os pobres, hospital que cura enfermos
Pra você a promessa cumprida, um Pai ressurreto
O testemunho vivo do meu poder manifesto
Então veja o meu sacrifício, não foi o bastante?
Sua vida é preciosa pois foi paga com meu sangue

Porque que você deixou seu lar? E foi pra tão longe?
Tão longe assim, será que podes sorrir?
Será que se esqueceu de Deus? De mim?
Por favor, volta logo pra casa

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados