A Ti Todo Respeito

Viela 17

Aham, hei
Como viver num mundo sinistro cumpadi
Vacilão, cara larga, boca aberta falando a vontade
O pouco tempo que chegamos reviramos tudo
Braço forte nem serviu pra ser um bom escudo
O mestre me guiou a mais de vinte estou aqui
Quem tem uma mão amiga glorifica e rasga o verbo, enfim
Passo pros melhores disciplina e real conceito
E faço da história ponta firme sem ferir alheios

Eu vou pra cima, estou no jogo, eu sou ceilândia a voz do povo
Eu sou o próprio monstro que o sistema criou
Na mente alguns pontos de revolta e dor
Somos força mais respeito, muito amor cabe no peito
Respeito

Demorou, pelo amor no rap os loucos se fez
As mascara caiu daqueles que são double-face
É assim meu bom, a regra desse jogo
Como fênix preto do morro, nasci de novo
A vida te ensinou a não desmerecer
Respeito onde vou, humildade tem que ter
Na luta pelo povo, os verdadeiro vão se envolver
O bang lombrou nós vai pagar pra ver
Quantas fita ele passou, por vezes clamou unidade
Nas quebradas, mas ninguém o escutou
Tamo junto ai guerreiro, liga nos em qualquer fita
Solta a base solta o peso que o viela solta as rimas

Sem ter voz não se entregou, gritou e foi ouvido
Fica aí com suas modinhas, seu rap corrompido
Pra uns é compromisso, pra outros é só ‘time’
Ele provou que é mais que isso na humilde sem vaidade
O sentimento de não se afogar no mar da arrogância
Quero paz pro gueto, que se renove as esperanças
O que cê passou nego? O que aprendeu nessas andanças?
O tempo voa mesmo, o que nos resta é só lembrança
Mil fita pra contar no estilo livro sem fim

A inveja vai arrastar quem vi crescer ‘zoi’ aqui
Abraçando a falsidade pensando que vai subir
Castelin que se formou com nosso grave vai cair
A quanto tempo na estrada, sem se arrepender
Já fraquejou na caminhada e não deixou se corromper
Fez seu corre na calada, do df a sp
Construiu conceitos em prol do r-a-p
E hoje fez por merecer o sofrimento vivido
Calando a boca de quem falou que era coisa de bandido
Que era um erro mais que certo escolher esse caminho
O rap honesto e sincero
Ao mestre com carinho

Ao mestre agradeço todo empenho, valeu rafa
Quebramos mais barreira e vencemos (então)
Tamo aí na praça (fácil) voltar não foi preciso
Valorização que esta distante e conflitos (vai)
Pode pagar que é tenso
Mas é foda só que não
Então ta tendo fila pra colar, o bonde é pesadão
De tudo que vivi eu agradeço todo tempo
Eu sei que ainda temos mais estrada a percorrermos
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados