Inimigo Oculto

Viela 17

Quem será que ta ligando
Número restrito
Deve ser urgente mas é foda
Isso tá sinistro
Na proporção de um ser um papo sério é zero
Mas vou atender quem ta ligando deve ser amigo, alô!

Ai muleke não desliga, eu sei que é o Japão
Da moral o papo é reto firma
Então prossiga, tá ligado que o tempo é curto
Firma fala o nome ou cumpadi encerra o assunto

Estão falando que seu disco
Está uma merda, rimas atrasadas
Pouca ideia, vergonha na quebra
Que seu caô atravessado não vale de nada
Que suas costa é a mira, pronta pra uma quadrada

Então muleke, isso é normal
Pra comédia oculto
Língua cumprida e mais que natural
Tem uns que invejam
Que não trampam não notam o vacilo
Tô mais tranquilo que antes
Veja meu som seu cretino
Não desmerece mulequinho
Você me conhece?
A parada é bruta, só sinistro, fudido no rap

Não tô ligando
Tô tranquilo, Deus é mais e digo
Tem uma pá do meu lado
O bonde é pesado novinho
Você é louco, pó direto, bandido de raça
Vou no atropelo véi, do jeito tá nos arrasta

Eu não oculto minha fraqueza nem pros mais amigo
Vem que o teste é forte, pode apostar vem comigo
Não acredito na moral de quem fica mentindo
Sou de família humilde, homem de fibra e brilho
Quem não segura sua própria onda, é coitado
Morre afogado na margem, ou da para trás no recado
Mas não desvie o papo, tô falando da carreira
Sei que a sua é falha, droga e vadia firmeza

Tu é comédia vagabundo nem bota a cara
Veja o efeito maluco, rap e conceito nas caixas
Quem fala alto do outro lado
Nem dá pra ter raiva, pena é tudo que sinto
Recalcado não emplaca

Ai muleke, tá ligado que tu tá sozinho
Ninguém mais canta seu rap
Nem te visita bandido, você não vende
Ai malandro nem toca na rádio
Tú ta falido velhinho, quer uma rima emprestado

Eu tô fudido, olha que moral você ganhou
Fiquei um tempo de papo, comédia é foda morô
Tem uma pá que me espera, e crê no recado
Corra se tu é do contra ou fica de canto calado
Não tô ligando se meu som não toca numa daio
Tem mais celular nas ruas do que um rádio ligado
Ta espalhado pela net no mundão inteiro
Atazanando a vera, esse é meu time fuleiro

Ei alô, não tô ouvido, a ligação caiu?
Folgado desligou na cara, filho da puta a mil
Eu quero ver se não destruo esse maluco agora
Vou no enquadro a vera pode crer essa é a hora
É complicado, tive que desligar bem na cara
Muita potoca vazia, não perco tempo por nada
O meu relógio desmerece um conceito futil
Tempo ligeiro é o lema, distante corro a fundo
Mas atitude eu admiro a quem corre na raia
Fala na lata a vera, nunca esconde, nem rala
Homem de fibra na quadrilha, e certo malandro
Foda-se quem me critica, digo a fulano e cicrano
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados