Ouvir Música

Meu Canto a Francisco Vargas

Baitaca

Dia trinta de Dezembro
Que o meu peito entristeceu
Quando o fato aconteceu
Que eu passei horas a mais
Foi pior que uma descarga
Casou-me aborrecimento
Junto com o povo eu lamento
A tua morte Francisco Vargas

Francisco Vargas partiu
Pro povo deixou saudade
Aos campos da eternidade
Tu tapeaste teu chapéu
Foi presilha de um solveu
Que faz falta em nosso meio
Tu deixou nosso rodeio
Para camperiar lá no céu.

Por onde você cantava
Sempre foi muito aplaudido
Tu jamais será esquecido
Por toda a nossa existência
Bradio de todas as querência
Hoje só sua voz se expande
Tu percorreu o Rio Grande
Semeando inteligência

Tu foste xucro e sincero
Homem honesto e de valor
E um dos maior trovador
Da minha pátria brasileira
A tempo a morte traiçoeira
Negaceava este bagual
Se ajuntou com o temporal
Para derrubar esse tronqueira
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não