Ouvir Música

Sou Assim Na Vida Real

Baitaca

Eu nunca deixei judiar de um bom velhinho
Em minha frente
Nem tampouco nem tampouco um inocente
Já logo perco os estrivo
Quero saber o motivo e o que foi que aconteceu
Quem tem coragem igual eu, só por acaso está vivo

Nasci em quarenta e nove, dia primeiro de agosto
Aos meus pais não dei desgosto, descansem em paz no além
Eu nunca matei ninguém, mas sendo preciso eu brigo
E as filhas dos meus amigo são minhas filhas também

Trato com povo carinho os meus fãs e as minhas fãs
Respeito igual minhas irmãs, não saio da velha trilha
Minha estrela sempre brilha e eu nunca fui demagogo
Também não faço de bobo um chefe pai de família

Rolei muito pelo mundo, passei frio, trabalho e fome
Mas meu caráter de homem, não deixei perder o brilho
Quando morrer este caudilho, fique os versos por lembrança
Esta é a maior herança que eu vou deixar pra os meus filhos

Não gosto de falsidade, sempre fui puro e sincero
Ver todos feliz eu quero pra ninguém desejo mal
Reconheço ser bagual, ligeiro igual um corisco
Tudo que eu falei no disco eu sou na vida real
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não