Elba Ramalho Canta em Oração o Folclore do Nordeste

Tinga

Esse forro tá gostoso, arretado demais
Puxa o fole, sanfoneiro
Arrasta o pé, rapaz
Elba Ramalho é a flor do Nordeste
Sou Tom Maior em oração
Sou cabra da peste

Simborá mô
Hoje a noite é de luar
Meu cordel em poesia faz a festa no arraiá
No céu de estrelas
Fogueiras de São João
Tem asa branca
Salve o rei do meu baião
Eta povo festeiro que faz levantar poeira
Coração cangaceiro, menina danada, guerreira
Ave Maria! Vou seguindo em romaria
Ao padim Ciço minha fé e devoção
Oh mãe divina
Faz chover no meu sertão

Nos palcos da vida, eu forroziei
Morte e vida Severina Folia de reis
Tem cavalhada, o ciranda risca o chão
Oí tum tum tum bate forte coração

E quando o vento sacode a cabeleira
Leva o meu canto retratando este lugar
No mexe mexe
Vem dançar a quebradeira
Tão brasileira é a festa popular
Frevo e xaxado causa o maior sururu
Vem ver meu boi na terra do maracatu
Eu tô com saudades de tú, meu desejo
Amor, me faz um chamego
É hora de coroar
Estou de volta pro meu aconchego
Nessa aquarela nordestina
Se avexe não! vem dançar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados