Pérolas Negras

Tinga

Jóias da mina vamos celebrar
O sangue é guerreiro
Bantu e Yorubá
Louvando a beleza e a sabedoria
Somos Bambas da Alegria

No horizonte incerteza e imensidão
Pérolas negras nas águas de Yemanjá
Cativa as princesas no sonho à libertação
Felicidade difícil de explicar
Almas calejadas, as dores da lida
Renomeadas na fé do opressor
Acarretadas num sopro de vida
Vento distante trouxe a esperança que abençoou
Heroínas na história do Brasil
Nas minas ou semeando o nosso chão
Divinas, fontes de inspiração.

Anastácia ou Rosa Maria
Pele escura é mais que uma bandeira
A mordaça não resiste à magia
Traz a cura santa e milagreira.

Do berço traziam
Futuro e destino a perpetuar
Mãe África sempre a banhar
O caminho a iluminar
Embalando sabores, aromas e cores
Na barra da saia ou nos tabuleiros
Raízes de um povo guerreiro
Batem tambores pela liberdade
Batucam a felicidade
A fé e eterna louvação
Mulheres de fibra, conquistam a avenida
Herdeiras desta tradição
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados