Meu Quintal É Maior Que o Mundo

Tinga

Abre a janela vem ver ôô
Poesia brotar no quintal
O carnaval florescer
Menino Bernardo em meu ser
Reinvento o meu Pantanal
O som do apito a tocar anuncia a cor
Um canto verde do índio enfeitiçou
Guardando o segredo das águas
Regando o mar de Xarayés
O eldorado reina aos meus pés

A som que salta do brejo
Empresto a viola
A paz do meu lugar aflora
É feito um império em procissão
Enfeito meu coração morada do meu viver
Tem casa que anda por esse chão
Bandarra é meu coração que voa no entardecer

Menino do mato
O nosso verde faz o céu emocionar
E o branco então floriu meu chão
Atento, um feroz olhar
Luar que me traz a lembrança
Nossa senhora é fé, esperança
De um pantaneiro a lutar
Reizinho de tantas vitórias
Cantando eu declamo esse amor por você
Eu sou Império
Abra o meu livro pois tu sabes ler

A minha história já fala por mim
Sou resistência, orgulho sem fim
Tem poesia no ar
Você já sabe quem sou
Pelo toque do agogô
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados