O Dono da Terra

Tinga

Pedras preciosas quero me enfeitar
Encantar a índia com o meu olhar
Só Tupã sabia
Que eu não podia me apaixonar

Hoje a Tijuca canta,
Sacode e balança esta cidade
Viaja no conto do índio
O dono da Terra, que felicidade
No cantar do Uirapuru
Tantas lendas pra contar
Sob as ordens de Rudá

Iara mandou, Jaci clarear
E seu caminho iluminar
Veja, o orvalho vem caindo
Cheiro das matas vem surgindo
Vou navegar meu rio, o mar
Mistérios que vou desvendar

Por essas matas verdejantes
Têm seres sobrenaturais
Mulheres metade serpentes
Curumins dançantes
E vi estranhos animais
Farturas encontrei,
Com as plantas conversei
Com as bênçãos de Rairu
Sentei pra meditar
Se a lua for minguante
Eu peço a proteção
Me deixa com as guerreiras festejar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados